Startups Unicórnios: O que são, como agem e onde habitam?

Unicórnio

Você já se perguntou por que as pessoas tem tanta curiosidade em torno do crescimento de uma startup versus o de uma empresa convencional?

Um dos motivos para isso acontecer é o fato de startups serem, de forma geral, empresas inovadoras e tecnológicas, que geram um certo frenesi a respeito do que têm a oferecer.

Mas o que são as famosas Startups Unicórnios e o que isso significa?

Unicórnio é uma palavra usada na indústria de fundos de risco para indicar uma startup de tecnologia com um valor de mercado total de mais de US$ 1 bilhão. 

O nome foi usado e popularizado pela primeira vez por Aileen Lee, uma empreendedora de risco e fundadora do CowboyVC – um fundo de investimento em estágio inicial com sede em Palo Alto, Califórnia.

Origens do termo

Aileen Lee queria entender como é provável encontrar e financiar uma dessas startups promissoras, então, em 2013, ela conduziu uma pesquisa e descobriu que apenas 0,07% das empresas apoiadas por capital de risco foram avaliadas em mais de US $ 1 bilhão. Lee decidiu compartilhar suas conclusões, mas primeiro ela teve que inventar um termo que pudesse descrever com precisão essa classe de empresas.

Aqui está a história de fundo em suas próprias palavras: “Eu estava tentando inventar uma palavra que tornasse mais fácil de usar continuamente. Eu toquei com palavras diferentes como ‘home run’, ‘megahit’, e todas soaram como ‘blá’. Então eu coloquei ‘unicórnio’ porque eles são – essas são empresas muito raras no sentido de que existem milhares de startups em tecnologia todos os anos, e apenas um punhado acabará se tornando uma empresa unicórnio. Eles são realmente raros.” 

O fato de o próprio termo ser inspirado em gêneros de ficção e fantasia solidificou seu lugar nas discussões de negócios do Vale do Silício.

Por que os “unicórnios” estão se espalhando tanto

O artigo de Lee não foi a única razão pela qual o nome se tornou tão difundido. Na última década, duas mudanças significativas no setor de TI criaram a necessidade de um termo que pudesse descrever rapidamente empresas privadas de tecnologia de bilhões de dólares.

No momento não há matemática real para estimar as startups – as avaliações são mais frequentemente baseadas no potencial de negócios da empresa e são meramente estimativas aproximadas.

Isso tornou mais fácil para as startups ganharem estimativas de bilhões de dólares.

A outra mudança significativa é que as empresas apoiadas por empreendimentos, permanecem privadas por muito mais tempo do que nas décadas anteriores. Em 2000, o prazo médio de uma oferta pública inicial era de 3 anos. Esse número dobrou em 15 anos, em parte porque várias empresas promissoras querem se beneficiar do ambiente amigável de estimativas antes de abrirem o capital.

Mescladas, essas duas diferenças levam ao aparecimento de mais unicórnios do que nunca. Em março de 2021, havia mais de 500 unicórnios em todo o mundo. 

Lista dos “unicórnios” atuais em todo o mundo

Longe de serem apenas animais imaginários, os unicórnios são um tópico natural nas discussões atuais sobre negócios e investimentos. Alguns conhecidos unicórnios com base nos Estados Unidos são SpaceX, Uber, Palantir Technologies, Airbnb, Pinterest e WeWork.

A China também parece ter muitos unicórnios, incluindo Xiaomi, Didi Chuxing, Lu.com e China Internet Plus Holding.

No Brasil eles também existem, alguns exemplos mais conhecidos são Nubank, QuintoAndar, Creditas e IFood.

Se você tem ou está pensando em começar uma Startup, esperamos que esse artigo seja o empurrãozinho que você estava buscando, os unicórnios podem ser raros de serem encontrados, mas como você viu, não são impossíveis de serem alcançados!

 

 

Deixe seu comentário :)

FALE CONOSCO

Mapa Do Site

Receba as melhores dicas

Todos os direitos reservados. Feito por Agência Novo Foco